Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


Cidade da Guarda festeja 811 anos num espectáculo

Sexta-feira, 26.11.10

No ano em que se comemora o centenário da República e em data de aniversário da cidade da Guarda (811 anos), o Teatro Municipal da Guarda em parceria com o Trigo Limpo Teatro ACERT e numa encomenda para a Câmara Municipal da Guarda apresenta “Guarda: A República”, um espectáculo comunitário que contará com o envolvimento de centenas de participantes das colectividades e associações do concelho. O espectáculo sobe ao palco do Grande Auditório do TMG, hoje, sexta-feira, sábado e domingo. Os dois primeiros dias pelas 21h30, no domingo, às 16 horas.

Nesta edição, a República é o tema central do espectáculo, tendo por pano de fundo a cidade da Guarda e misturando episódios reais com outros que emanam do imaginário colectivo. Rebeldino é o republicano que protagoniza toda a história.

A entrada custa cinco euros. Bilhetes praticamente esgotados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Deolinda no Teatro Municipal da Guarda

Sexta-feira, 14.05.10

Os Deolinda estão em digressão nacional com o seu novo disco "Dois selos e um carimbo", e vão este sábado, 15 de Maio, no Grande Auditório do Teatro Municipal da Guarda (TMG), onde actuam pelas 21h30.

Em 2008, os Deolinda estrearam-se com o disco “Canção ao Lado” e aquilo que começou por um segredo bem escondido de certos meios lisboetas, rapidamente se transformou num culto generalizado como raramente se viu em Portugal. Agora, eles estão de regresso com o novo disco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

José Mário Branco esta noite na Guarda

Domingo, 25.04.10

O Teatro Municipal da Guarda (TMG) comemora hoje, domingo, dia 25 de Abril, o 5º aniversário.

Para assinalar a data, o TMG decidiu convidar para a festa José Mário Branco, figura destacadíssima da música de revolução portuguesa, e que inaugurou, faz hoje cinco anos, o Teatro Municipal da Guarda.

Por esta mais que sala de espectáculos da cidade mais alta já passaram mais de 200 mil espectadores, e tiveram lugar mais de 1500 actividades O concerto de José Mário Branco está marcado para as 21h30. A entrada custa 10 euros.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Teatro Municipal da Guarda vandalizado outra vez

Quinta-feira, 01.04.10

O Teatro Municipal da Guarda (TMG), foi alvo de novo acto de vandalismo. Duas placas gigantes de vidro, que compõem a estrutura mural do Café Concerto, foram partidas.

Apesar de o TMG ter colocado, da primeira vez que foi vítima do vandalismo, uma targa no edifício fazendo referência aos custos da reparação e o equivalente aos espectáculos que podiam ser realizados com esse dinheiro, isso não inibiu as pessoas que de má fé cometeram este acto. A PSP está a investigar e pode até já ter suspeitos para o sucedido.

 

ATENÇÃO (Lá por hoje ser 1 de Abril, este acontecimento não é uma mentira)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vandalismo afecta Teatro Municipal da Guarda

Segunda-feira, 13.07.09

O Teatro Municipal da Guarda (TMG) tem sido alvo de actos gratuitos de vandalismo. Desde graffitis em várias paredes, luzes de chão partidas, a dois grandes vidros estilhaçados numa parede de um dos edifícios do Teatro, avaliados em cerca de 10 mil euros, os prejuízos vão-se acumulando, e indignando a direcção do TMG.

Américo Rodrigues, director, decidiu mandar colocar um tarja na parede do Teatro Municipal da Guarda, referindo as iniciativas culturais que se podiam fazer com o custo dos prejuízos causados pelo vandalismo de que o Teatro tem sido alvo.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes