Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


Teatro em Aguiar da Beira

Sexta-feira, 27.03.09

Comemorando o Dia Mundial do Teatro, o Centro Cultural de Aguiar da Beira vai receber, esta noite, a peça “A Birra do Morto”, levada à cena pelo GRUP'ARTE (grupo de teatro amador de Aguiar da Beira), pelas 21h30.

A peça desenrola-se em torno de um homem morto, que durante a cerimónia fúnebre, inventa inúmeras artimanhas para que não seja colocado no respectivo caixão e desta forma não se realizar o funeral.

Escrita pelo professor Vicente Sanches, A Birra do Morto" é uma farsa trágica, reflexão sobre a vida, nas suas desigualdades sociais e o absurdo dos seus comportamentos.

Esta é a segunda apresentação da peça em Aguiar da Beira, depois de já ter sido apresentada também em Dornelas e no Carapito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

"A Birra do Morto" esta noite no Sabugal

Sábado, 29.11.08

Este sábado à noite o Grup’Arte, de Aguiar da Beira, apresenta a peça “A Birra do Morto” no Auditório Municipal de Sabugal, pelas 21.30 horas.

A história, escrita por Vicente Sanches, baseia-se num homem morto que durante a cerimónia fúnebre inventa inúmeras artimanhas para não ser colocado no respectivo caixão, procurando evitar que se realize o funeral. Numa altura em que toda a gente faz birras, nesta comédia a maior birra é exactamente a do morto, recusando-se determinantemente a ser sepultado, fazendo assim uma analogia sobre a vida, nas suas desigualdades sociais e o absurdo dos seus comportamentos.

Este espectáculo, integrado no Ciclo Teatro de Outono, do Inatel da Guarda, conta no elenco com Ana Gomes, Anabela Melo, Ana Sousa, Ana Rodrigues, António Chaves, António Sousa, Bárbara Bonifácio, Jacinto Duarte, Raquel Valverde, Rosa Moutinho e Teresa Campos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pinhel: Teatro “A Birra do Morto”

Sábado, 15.11.08

O Cine-Teatro São Luís, em Pinhel, recebe, logo à noite, pelas 21.30 horas, a peça de teatro “A Birra do Morto” do Grup’Arte, de Aguiar da Beira.

A peça desenrola-se em torno de um homem morto que, durante a cerimónia fúnebre, inventa inúmeras artimanhas para não ser colocado no respectivo caixão e, desta forma, não se realizar o funeral.

Este espectáculo pertence ao Ciclo de Teatro de Outono 2008, promovido pela Delegação do Inatel da Guarda. A peça foi escrita pelo professor Vicente Sanches, e o elenco é composto por Ana Gomes, Anabela Melo, Ana Sousa, Ana Rodrigues, António Chaves, António Sousa, Bárbara Bonifácio, Jacinto Duarte, Raquel Valverde, Rosa Moutinho e Teresa Campos.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes