Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


Sabugal: Idosos sofrem intoxicação alimentar em lar da Bendada

Domingo, 28.10.12

Uma intoxicação alimentar num lar em Bendada, concelho do Sabugal, afetou hoje doze pessoas, que foram assistidas em estabelecimentos de saúde da zona, revelou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

Segundo a fonte do CDOS, o alerta para a situação foi dado às 15H55.

Cinco pessoas foram encaminhadas para o Hospital da Guarda, quatro para o Hospital da Covilhã e três foram assistidas no Serviço de Atendimento Permanente do Sabugal.

As Beiras  RR

Autoria e outros dados (tags, etc)

Guarda: Um morto em colisão que envolveu autocarro escolar

Sexta-feira, 26.10.12

Uma colisão entre um autocarro e um veículo ligeiro de passageiros, na Sequeira, Guarda, provocou hoje um morto e quatro feridos, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

Segundo a fonte, o acidente ocorreu pelas 17h35, numa curva, junto do viaduto da autoestrada A23 (Guarda/Torres Novas), na estrada municipal 530, que liga as localidades de Sequeira e Casal de Cinza.

"Foi uma colisão entre um veículo ligeiro e um autocarro escolar, que originou um morto, dois feridos graves e dois ligeiros", disse à Lusa Paulo Sequeira, comandante dos bombeiros voluntários da Guarda.

A mesma fonte acrescentou que um dos feridos ligeiros é uma criança que viajava no autocarro.

A vítima mortal é uma mulher, com cerca de 40 anos, que seguia no veículo ligeiro, indicou Paulo Sequeira. No carro também viajavam dois homens, que ficaram feridos com gravidade, e uma criança que sofreu ferimentos ligeiros, disse.

Paulo Sequeira explicou que o autocarro, que fazia a ligação entre a cidade da Guarda e a zona do Sabugal, transportava alunos e outros passageiros, que seguiram para o seu destino após transbordo para outro veículo. "Os alunos tiveram acompanhamento de um psicólogo escolar", indicou o comandante.

Segundo o CDOS da Guarda, para o local do acidente foram destacados 14 homens dos bombeiros da Guarda e seis veículos e elementos da PSP, do Instituto Nacional de Emergência Médica e da Proteção Civil Municipal.

Expresso  RR  CM  JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dois militares da GNR morreram em acidente na A23

Quarta-feira, 10.10.12

Dois militares da GNR morreram esta terça-feira à noite, na A23, próximo de Belmonte, devido a uma colisão que causou ferimentos graves num outro militar e num civil. O desastre obrigou ao corte da auto-estrada A23, nos dois sentidos.

O oficial de serviço ao Comando-Geral da GNR adiantou à agência Lusa que o acidente envolveu dois veículos ligeiros, ocorreu pelas 21h25 na A23, entre a Guarda e Torres Novas, no sentido norte-sul, na zona de Maçainhas, concelho de Belmonte, entre o nó de Benespera e Belmonte/Norte.  
A mesma fonte adiantou que o acidente ocorreu quando uma viatura da GNR, com pelo menos três elementos, foi abalroada por outro carro, depois de ter sido deslocada para aquele local para fazer um desvio de trânsito por causa de um incêndio que esteve activo na zona durante cinco horas e que entretanto foi dado como dominado.  
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco adiantou à agência Lusa que os feridos graves foram transportados para os serviços de urgência dos hospitais da Guarda e da Covilhã.
No local do acidente encontram-se 56 bombeiros das corporações de Belmonte, Gonçalo, Guarda, Covilhã e Fundão, elementos da GNR e da empresa concessionária da auto-estrada A23, bem como veículos de desencarceramento, num total de 24 viaturas operacionais, segundo o CDOS.  
Devido à gravidade do acidente, foi também enviado para o local um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

 

Fonte: RR

Autoria e outros dados (tags, etc)

Manteigas: Extinto fogo em Vale de Amoreira (Serra da Estrela)

Sexta-feira, 24.02.12

O fogo que deflagrou na quinta-feira no Parque Natural da Serra da Estrela, em Vale da Amoreira, Manteigas, encontra-se "dominado" pelos bombeiros, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

A frente ativa do fogo foi dominada pelas 10:36 e os  elementos que se encontram no terreno estão a proceder "a trabalhos de consolidação  do rescaldo". 

No local do incêndio, que teve início na quinta-feira às 14:08, permanecem  111 homens e 30 veículos. 

O CDOS adiantou que "o acidentado do terreno" originou dificuldades  no combate às chamas que eclodiram na área do Parque Natural da Serra da  Estrela. 

O comandante dos Bombeiros de Manteigas, Humberto Luís, adiantou hoje  a Lusa que o incêndio já destruiu mais de 400 hectares de pinhal e mato.

SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bombeiros testam operacionalidade na Serra da Estrela

Sexta-feira, 27.01.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Carro novo dos Bombeiros do Sabugal já foi à oficina

Sábado, 11.12.10

Conta este sábado o DN que há três anos que 95 corporações do País aguardam por outras tantas viaturas para reforçar os meios de socorro. Quatro foram entregues esta semana na Autoridade Nacional de Protecção Civil numa cerimónia presidida por Rui Pereira, mas regressaram à empresa que as montou para desespero das corporações.

No Sabugal há anos que os bombeiros esperavam pela entrega de uma viatura de socorro e desencarceramento. "Após muitas peripécias, fomos a Lisboa assinar o protocolo de cedência de um veículo de socorro e apoio táctico para melhorar a assistência a acidentes", conta o presidente da direcção, Daniel Carriço, lamentando, infelizmente, que, ao fim de contas, "o material montado na viatura, mesmo sendo novo, não aguentou sequer as demonstrações para instrução dos operacionais e teve que ser recambiado para a oficina que o montou".

À infelicidade que tocou aos bombeiros do Sabugal juntou-se o azar dos bombeiros de Vila Nova de Milfontes, se deslocaram a Lisboa para "receber um veículo florestal de combate a incêndios mas não puderam levantar a viatura", porque, disse o comandante da corporação. Valentim Jacob, a viatura "teve um problema na caixa de velocidades e na ligação à bomba e não a pudemos trazer nem assinar o protocolo, por ter defeitos de montagem e no motor".

O ministério da Administração Interna já assumiu que existem problemas nas viaturas, mas garante que foram inspeccionadas e testadas, em formação aos bombeiros, antes da recepção na ANPC. Apesar de tudo, as reparações vão já ser feitas, pois os problemas detectados estão cobertos por garantia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foz Côa: Autoridades procuram jovem desaparecido

Domingo, 11.07.10

Bombeiros e GNR procuram em Vila Nova de Foz Côa um jovem, de 24 anos, que desapareceu ontem após um acidente numa zona de estrada de terra batida, naquele concelho.

As autoridades retomaram as buscas esta manhã, com um efectivo de 17 elementos, quatro viaturas, barco dos bombeiros, quatro grupos cinotécnicos da GNR e um helicóptero, mas ainda não obtiveram sucesso.

O carro foi localizado a 20 metros da via, admitindo as autoridades que o jovem se tenha desorientado e perdido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Guarda: Camião incendiou-se na A23

Quarta-feira, 30.06.10

O incêndio de um camião, ontem à tarde, na auto-estrada A23, próximo da Guarda, provocou o corte, durante algumas horas, naquela via.

O veículo pesado começou a arder próximo do túnel da Ramela, obrigando ao corte do trânsito no sentido sul-norte durante perto de três horas.

No local estiveram duas dezenas de bombeiros, que extinguiram o incêndio e procederam à limpeza da via.

O incêndio não provocou feridos.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes