Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


Incêndio em Trancoso foi dominado ao fim de 17 horas de combate

Segunda-feira, 12.08.13

O incêndio que ontem deflagrou no concelho de Trancoso foi dominado esta manhã, por volta das 10 horas.

Duas horas antes foi activado um helicóptero bombardeiro pesado, para apoio no combate às chamas, onde se encontravam também perto de 130 bombeiros com mais de 30 viaturas.

Durante a noite o incêndio manteve-se activo com três frentes, e só ao início da manhã foi possível controlá-lo. Para as operações foi montado um posto de comando e foi ainda mobilizado um Grupo de Reforço que veio de Bragança.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Incêndio em Trancoso com três frentes activas

Domingo, 11.08.13

Um incêndio em Esporões - Moreira de Rei, no concelho de Trancoso, já dura há mais de seis horas. Segundo a Protecção Civil, o incêndio - que consome mato - teve início cerca das 15 horas e está a ser combatido por cerca de 90 bombeiros com apoio de 20 viaturas.

A Autoridade Nacional de Proceção Civil mobilizou perto das 20 horas um Grupo de Reforço de Bragança, numa altura em que o incêndio passou a ter três frentes activas.

A apoio deverá chegar nas próximas horas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Manteigas: Extinto fogo em Vale de Amoreira (Serra da Estrela)

Sexta-feira, 24.02.12

O fogo que deflagrou na quinta-feira no Parque Natural da Serra da Estrela, em Vale da Amoreira, Manteigas, encontra-se "dominado" pelos bombeiros, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

A frente ativa do fogo foi dominada pelas 10:36 e os  elementos que se encontram no terreno estão a proceder "a trabalhos de consolidação  do rescaldo". 

No local do incêndio, que teve início na quinta-feira às 14:08, permanecem  111 homens e 30 veículos. 

O CDOS adiantou que "o acidentado do terreno" originou dificuldades  no combate às chamas que eclodiram na área do Parque Natural da Serra da  Estrela. 

O comandante dos Bombeiros de Manteigas, Humberto Luís, adiantou hoje  a Lusa que o incêndio já destruiu mais de 400 hectares de pinhal e mato.

SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)

Gouveia: Incêndio na Serra da Estrela

Segunda-feira, 07.02.11

Seis dezenas de bombeiros estiveram ontem envolvidos no combate a um incêndio que destruiu uma considerável área de mato e floresta no parque natural da serra da Estrela. A Autoridade Nacional de Protecção Civil entendeu não accionar nenhum meio aéreo, o que dificultou os trabalhos.

As chamas deflagraram em Malhão, no concelho de Gouveia, numa zona de difíceis acessos e constituída sobretudo por mato rasteiro e giestas. "O fogo rapidamente ganhou grandes proporções, e chegou a atingir uma frente com perto de quatro quilómetros", disse ao CM Carlos Soares, comandante dos Bombeiros Voluntários de Gouveia, frisando que o combate teve de ser feito apenas de forma apeada.

Nesta altura estão disponíveis dois helicópteros Kamov que podem actuar nos incêndios, mas nenhum ontem foi accionado. Duarte Caldeira, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, disse ao CM que os responsáveis fizeram uma avaliação e "decidiram não mobilizar nenhum dos dois meios aéreos disponíveis".

Ontem, quem visitou a serra da Estrela teve oportunidade de ver fogo e neve ao mesmo tempo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Foz Côa: Explosão de botija provoca um morto

Segunda-feira, 20.12.10

A explosão de uma botija de gás seguida de incêndio provocou no domingo a morte a um homem de 46 anos residente em Custóias, no concelho de Vila Nova de Foz Côa.

Segundo o comandante dos bombeiros voluntários de Vila Nova de Foz Côa,  Aníbal Carvalho, em declarações à agência Lusa, pelas 23:40 de domingo ocorreu "a explosão, que deve ter  sido originada pelo rebentamento de uma garrafa de gás, que destruiu o telhado de uma casa pequena, de construção antiga, seguindo-se o incêndio".

No interior da habitação encontrava-se um homem que os bombeiros encontraram já cadáver no meio dos destroços, referiu o responsável.

Os bombeiros de Foz Côa estiveram no local da ocorrência com 12 homens  e quatro viaturas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Incêndio desaloja idosa em Valcovo (Guarda)

Domingo, 31.10.10

Um incêndio ao início da manhã de ontem (6h35) destruiu parcialmente uma casa de habitação na aldeia de Valcovo, na Guarda, desalojando a mulher de 81 anos que ali vivia.

Ao local acorreram os bombeiros voluntários da Guarda, que acabaram por transportar a idosa ao Hospital Sousa Martins por esta ter inalado muito fumo.

O incêndio destruiu por completo o telhado da casa, deixando-a sem condições para habitar. A idosa foi realojada na casa de uma filha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Guarda: Fogo cercou aldeia e cortou linha do comboio (SIC)

Sexta-feira, 27.08.10

Autoria e outros dados (tags, etc)

Guarda: Camião incendiou-se na A23

Quarta-feira, 30.06.10

O incêndio de um camião, ontem à tarde, na auto-estrada A23, próximo da Guarda, provocou o corte, durante algumas horas, naquela via.

O veículo pesado começou a arder próximo do túnel da Ramela, obrigando ao corte do trânsito no sentido sul-norte durante perto de três horas.

No local estiveram duas dezenas de bombeiros, que extinguiram o incêndio e procederam à limpeza da via.

O incêndio não provocou feridos.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes