Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Julho 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


Guarda, Bragança e Beja recebem projecto-piloto de apoio a idosos

Quinta-feira, 26.07.07

O Ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, esteve ontem na Guarda, onde assinou um protocolo com as 14 autarquias do distrito, para a aplicação do Programa de Conforto Habitacional para Pessoas Idosas.

O objectivo do Governo, é através de apoios financeiros, permitir ás câmaras realizar pequenas intervenções nas habitações de pessoas idosas mais carenciadas, e promover uma melhoria das condições de vida a uma faixa da população que muitas vezes recorre a um final de vida passado em lares.

No distrito da Guarda, vão ser apoiados cerca de 300 idosos, que actualmente beneficiam de apoio domiciliário, e onde foram detectadas fracas condições de habitabilidade.

Num investimento de cerca de um milhão de euros, para o distrito da Guarda, o Governo prevê fazer um balanço do projecto-piloto no final deste ano.

No total vão ser beneficiadas cerca de 600 habitações nos distritos da Guarda, Bragança e Beja, com um investimento total de 2,1 milhões de euros.

Os protocolos com as 14 autarquias do distrito da Guarda, foram assinados no edifício do Governo Civil, onde apesar da satisfação pelo programa agora lançado pelo Governo, ficou saliente que é preciso fazer mais para cobrir realmente as necessidades já detectadas na região.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes