Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


Guarda: “Por dentro da tua cabeça, por dentro do teu carro”, no Café Concerto do TMG

Quarta-feira, 28.11.07

Está patente no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda, uma instalação denominada de “Por dentro da tua cabeça, por dentro do teu carro”, de Jorge dos Reis, que pode ser apreciada até este domingo.

Trata-se de um projecto “site-specific” que tem como objectivo descodificar a textualidade que se constrói na mente da generalidade dos condutores das estradas de Portugal.

Segundo o autor deste trabalho “no momento da catarse emocional, presente na condução automóvel, constrói-se uma linguística do interior que é prova da vertigem descontrolada do indivíduo ao volante”.

Jorge dos Reis foi aprendiz tipógrafo com um primeiro oficial de tipografia da Imprensa Nacional numa antiga oficina tipográfica do Cais do Sodré em Lisboa. Após esta experiência o seu trabalho tem explorado a utilização da velha tipografia Gutenberguiana enquanto meio de expressão visual relacionando constantemente a palavra impressa com o seu contraponto sonoro e fonético.

“Por dentro da tua cabeça, por dentro do teu carro” pode ainda ser vista até domingo, no Café Concerto do TMG.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes