Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



GNR aconselha idosos


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Outubro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


Manteigas: Por um voto se ganha, por um se perde

Quinta-feira, 08.10.09

Em Manteigas, nas eleições autárquicas de 2005, os candidatos do PS e do PSD sentiram na pele a experiência do dito "por um voto se ganha, por um voto se perde". Quatro anos depois, os candidatos à câmara de Manteigas são precisamente os mesmos e esperam que a contagem renhida, que deu a vitória ao social-democrata José Manuel Biscaia, não se repita.
O PSD recandidata o actual autarca enquanto que o PS volta a apostar no socialista Esmeraldo Carvalhinho, actual vereador na Câmara local e ex-vereador na Câmara da Guarda. Os dois candidatos garantem que, apesar do resultado inédito verificado há quatro anos, as candidaturas não são nenhum “tira-teimas”, apostando José Manuel Biscaia na reeleição para um quinto mandato - e último, por força da nova lei - e Esmeraldo Carvalhindo na reconquista da autarquia para as mãos do PS, de onde saiu há 16 anos.
 


Quatro anos depois, Esmeraldo Carvalhinho diz acreditar na vitória da sua candidatura por reconhecer que “há uma vontade enorme de mudança”. “Espero ganhar por mais de um voto. Um dos slogans da minha campanha é ´por um se ganha, por um se muda`. Há quatro anos, um voto chegou para [o adversário] ganhar mas agora quero ganhar, pelo menos por cem, para não haver margem para dúvidas”, afirmou.
O candidato do PSD e actual presidente de Câmara também acredita na reeleição, garantindo que “a história de há quatro anos não se repete agora” embora aponte que ganhar por um voto “é pouco mas é suficiente”.
“Em democracia, a maioria é assim mesmo”, disse, salientando que se sentiu “bem com um voto a mais” em relação ao adversário socialista. Por outro lado, disse que ter ganho desta forma foi “uma atitude única em termos de Portugal continental e insular” cenário que, em sua opinião, “não tem mal nenhum”.
José Manuel Biscaia mostra-se “convencido que as pessoas, agora, votarão de maneira diferente”, recordando que em 2005 uma empresa têxtil estava à beira de fechar, e o adversário “disse que se ganhasse iria manter os postos de trabalho”.
Na pequena vila de Manteigas, situada em pleno coração da Serra da Estrela, as opiniões dos habitantes dividem-se.
Na corrida à liderança da autarquia do mais pequeno concelho do distrito da Guarda, que tem apenas quatro freguesias, também está a CDU que candidatou o dirigente associativo José Maria Saraiva.
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes