Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Março 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


19 anos de prisão para Marcelo

Quinta-feira, 04.03.10

O tribunal da Guarda condenou Marcelo Fernandes a 19 anos de prisão.

A decisão, dada por um colectivo de juízes e um grupo de jurados, foi lida esta quinta-feira, acabando por condenar o arguido pelo crime de homicídio qualificado, ainda que não tenha sido dado como provado o crime de violência doméstica.

Marcelo Fernandes matou a esposa à facada, no apartamento onde viviam com duas filhas menores, em finais de Novembro de 2008.

Autoria e outros dados (tags, etc)

SEF desmantela rede que aprisionava mulheres

Quinta-feira, 04.03.10

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve dois homens, alegadamente responsáveis por uma rede que praticava crimes de tráfico de pessoas, auxílio à imigração ilegal e lenocínio.

A investigação iniciou-se em Castelo Branco, mas a operação da rede estendia-se a casas de diversão nocturna em Celorico da Beira, Mangualde, e Fuentes de Oñoro (Espanha). O SEF acabou por libertar várias mulheres, a maioria brasileiras, que viviam aprisionadas e que eram obrigadas a prestar serviços sexuais nos estabelecimentos detidos pela rede. Às mulheres tinham-lhe sido retidos toda a documentação pessoal.

Um dos detidos foi sujeito a prisão preventiva, o outro a prisão domiciliária.

 

Notícia desenvolvida aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes





subscrever feeds