Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Dezembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 


Proder apoia agricultores

Quinta-feira, 18.12.08

A Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC) esteve, esta semana, na Guarda, num encontro com autarcas e associações de agricultores, para falar sobre o Programa de Desenvolvimento Rural – Proder, que vai distribuir perto de 900 milhões de euros para iniciativas agrícolas.

O Proder desenvolve-se em duas áreas distintas, uma mais complexa e exigente, virada para a competitividade, e ai, explica Rui Moreira, director da DRAPC “apenas estamos disponíveis para apoiar os melhores projectos”, mas existirá outro eixo de acção que apoia o mundo rural sem grandes burocracias, procurando “levar investimento e conforto ao agricultor”.

O Proder é um pacote de incentivos a nível nacional e, por isso, Rui Moreira considera que será necessária força de vontade, por parte dos agricultores. “Nós se queremos desenvolvimento, temos de fazer por ele, temos que correr, não podemos estar à espera que os outros façam tudo por nós. Temos que nos mexer”, afirma.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes