Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


GNR aconselha idosos


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 



Portagens nas antigas SCUT afectaram relações económicas

Terça-feira, 08.05.12

As comissões de utentes contra as portagens nas antigas SCUT consideram que as relações económicas entre Portugal e Espanha foram gravemente afectadas com a introdução de custos para os utilizadores daquelas auto-estradas, nomeadamente no turismo e no comércio.

Na região centro, a Comissão de Utentes Contra as Portagens na A25, A23 e A24 fala também de muitos prejuízos para o comércio das zonas de fronteira, nomeadamente Vilar Formoso/Fuentes de Onõro, e para a hotelaria.

«Recentemente, falei com um empresário que tem unidades hoteleiras na Covilhã e na Guarda que me disse que a introdução de portagens está a ser um desastre completo para a actividade turística. Há quebra de reservas, quer de quem vem de Lisboa, quer de quem vem de Espanha», contou à Lusa o porta-voz da comissão, Francisco Almeida.

Disse também que pode estar em risco o futuro de empresas da zona de Viseu que comercializam produtos volumosos mas leves, como carvão ou guardanapos, devido aos custos de transporte para Espanha, que se vão reflectir nos preços, «deixando os produtos de conseguir condições de competitividade» no mercado espanhol.

Ver notícia completa aqui - SOL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vilar Formoso: GNR apreende 35 mil euros em artigos contrafeitos

Segunda-feira, 07.05.12

Artigos alegadamente contrafeitos, avaliados em 35 mil euros, foram apreendidos pela GNR em Vilar Formoso (Almeida), durante uma operação de fiscalização realizada na feira mensal daquela localidade fronteiriça.

A apreensão de “mais de mil artigos de acessórios de moda para senhora e relógios” foi efectuada no sábado, disse o Comando Territorial da GNR da Guarda. “Alguns dos artigos foram apreendidos nas bancas e outros quando eram transportados em viaturas.”
Durante a acção, a GNR identificou seis vendedores ambulantes, com idades entre 30 e 60 anos, residentes no Norte do país e na zona de Castelo Branco, por estarem na posse da mercadoria supostamente contrafeita. Os comerciantes são suspeitos da prática de crime de infracção ao código de propriedade industrial, tendo o processo sido remetido ao Tribunal de Almeida.
O Comando Territorial da GNR da Guarda adiantou que durante este ano, na sua área de intervenção, já foram apreendidos artigos contrafeitos avaliados em cerca de 200 mil euros.

Público

Autoria e outros dados (tags, etc)

Luta contra as portagens na A23 A24 e A25 vai continuar

Quarta-feira, 08.02.12

A comissão de luta contra as portagens nas autoestradas A23, A24 e A25 está em contacto com empresários e sindicatos espanhóis para a realização de iniciativas conjuntas contra o pagamento de taxas nestas vias.

O estabelecimento destes contactos dos dois lados da fronteira foi divulgado hoje em Viseu por Francisco Almeida, porta-voz da comissão, que admitiu para breve "iniciativas conjuntas na zona de Vilar Formoso", no concelho de Almeida.

Os contactos da comissão de luta estão a ser desenvolvidos nas áreas de Salamanca e Ciudad Rodrigo, onde está concentrada uma percentagem elevada de empresas com deslocações diárias a Portugal.

"Para tentar acertar formas de luta comuns vamos ter reuniões de trabalho em breve. Veremos nos próximos tempos como será, mas não é difícil adivinhar que isto envolverá iniciativas centradas na área de Vilar Formoso. Não podemos ainda dizer como ou o que será feito, os contactos já existem e está a erguer-se uma estrutura de organização do outro lado da fronteira", explicou Francisco Almeida.

O envolvimento de organizações espanholas é conhecido no dia em que a comissão, assinalando o dia 08 (os pórticos naquelas três vias foram acionados a 08 de dezembro), procura "dar um novo fôlego à luta" com a calendarização de novos buzinões e recolha de assinaturas.

Estas iniciativas estão a ser concentradas essencialmente em cada dia 08, embora para o próximo dia 24 esteja previsto um buzinão na cidade de Viseu.

Para hoje, a comissão apelou a que se circulasse pelas alternativas à A24, A25 e A23, como forma de "demonstrar mais uma vez que não existem alternativas e que as portagens são um golpe duríssimo nas aspirações das gentes do interior e um retrocesso claro no desenvolvimento destas regiões".

Questionado sobre a possibilidade de o Governo recuar nas portagens quando estas já estão em uso, Francisco Almeida lembrou que "a luta teve início em 2004 e durante sete anos, até 2011, conseguiu-se evitá-las. Este processo, agora, só terminará quando forem abolidas definitivamente".

"Agora vamos ver, porque até ao lavar dos cestos é vindima. Para o Governo a vindima terminou, para nós não", avisou.

Desde a introdução de portagens, o aumento do tráfego no antigo IP5 (itinerário principal), cujo traçado foi na sua maior parte utilizado para a A25, e no IP3, entre Viseu e Coimbra, é notório, especialmente no que se refere a camiões e veículos de empresas cuja atividade obriga à circulação diária por estas vias.

 

Notícias sobre este tema em: Diário Digital i JN RR

Autoria e outros dados (tags, etc)

Docente natural de Vilar Formoso premiado no Vaticano

Segunda-feira, 20.12.10

Luís Alberto Casimiro, docente de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), natural de Vilar Formoso, recebeu um prémio do Vaticano pela sua tese de doutoramento sobre “A Anunciação do Senhor na Pintura Quinhentista Portuguesa”.
O prémio anual da “Pontificie Accademie in Mariologia 2010” foi entregue, no passado dia 16, pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, numa sessão pública das Academias Pontifícias, realizada na cidade do Vaticano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Activistas anti-NATO barrados em Vilar Formoso

Quinta-feira, 18.11.10

Um autocarro finlandês com 35 pessoas e um automóvel com cinco activistas anti-NATO franceses, que tinham Lisboa como destino, foram impedidos de entrar em Portugal pela fronteira de Vilar Formoso.

Os dois veículos foram interceptados na principal fronteira terrestre portuguesa, onde o controlo de fronteiras foi reposto desde as 00.00 horas de segunda-feira devido à realização da cimeira da NATO em Lisboa, que decorre nos dias 19 e 20.

O grupo anti-militarista finlandês transportava material com mensagens anti-NATO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vilar Formoso: Fiscalização decorre sem problemas (Cimeira NATO/OTAN Lisboa)

Quarta-feira, 17.11.10

Autoria e outros dados (tags, etc)

Controlo apertado na Fronteira de Vilar formoso (SIC)

Terça-feira, 16.11.10

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fronteira de Vilar Formoso com controlo documental

Terça-feira, 16.11.10

A partir das 00 horas desta terça-feira, está reposto o controlo documental na fronteira de Vilar Formoso, para quem entra no País.

Esta medida surge por ocasião da realização em Lisboa da Cimeira da NATO, e vai manter-se assim até sábado.

Em Vilar Formoso, os pontos de atravessamento da fronteira, e que são controlados pelas autoridades, foram definidos para o Largo da Fronteira, principal porta de entrada em Portugal, Estrada Nacional EN16 / Ligação 620 Fuentes de Õnoro, Fronteira Velha, Estrada Nacional 332, Estação dos Comboios de Vilar Formoso e o acesso pelo Parque TIR.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Visitantes, de onde?

Locations of visitors to this page

Visitantes

hit counters
hit counter



Comentários recentes