Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


GNR aconselha idosos


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 



Mêda continua PS e o PSD será "fiel de balança"

Segunda-feira, 30.09.13

É um daqueles resultados tão surpreendentes como possíveis.

A Câmara da Mêda, que foi gerida nas últimas décadas pelo PSD, tendo como presidente João Mourato, passou para as mãos do PS há quatro anos atrás. O até aqui presidente socialista, Armando Carneiro, eleito em 2009, não se recandidatou. O PS apresentou como então como candidato o vereador Anselmo Sousa, e venceu as eleições.

Venceu, mas não terá uma governação facilitada. O CDS, que candidatou o presidente da Junta da Mêda, César Figueiredo, conseguiu o mesmo número de vereadores do PS. Como a autarquia medense elege cinco vereadores e o PSD apenas conseguiu eleger Paulo Amaral, será este vereador que poderá fazer a diferença nas decisões futuras deste município.

O improvável acabou assim mesmo por acontecer. O PSD em apenas quatro anos deixou de liderar a autarquia com maioria para agora passar para a segunda fileira da oposição.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tribunal de Foz Côa já não irá encerrar - Fornos de Algodres não terá a mesma sorte

Quarta-feira, 17.10.12

A proposta final do Ministério da Justiça para a reforma judiciária retira da lista de encerramentos cinco tribunais, com a extinção de 49, contra os 54 inicialmente previstos.
O ministério de Paula Teixeira da Cruz decidiu manter os tribunais de Vila Nova de Foz Côa,Valpaços, Almodôvar, Nelas e Sátão nos distritos de Guarda, Vila Real, Beja e Viseu, de acordo com a proposta de reorganização a que a agência Lusa teve acesso.
O novo documento, que está a ser distribuído aos municípios, aponta também para a criação de menos extensões dos que as 27 que constavam da proposta apresentada, em Junho, prevendo-se agora a instalação de 23, que passam a denominar-se secções de proximidade.
Estas secções são locais de atendimento ao público, prestado por oficiais de justiça, com acesso integral ao sistema de informação do tribunal, que funcionarão nos antigos tribunais.
Segundo a proposta, estes serviços ficarão instalados nas localidades de Povoação e Nordeste (Açores), Mértola (Beja), Vinhais, Vimioso e Miranda do Douro (Bragança), Penamacor (Castelo Branco) Mira, Pampilhosa da Serra e Soure (Coimbra), Arraiolos (Évora), Meda e Sabugal (Guarda), Alvaiázere e Ansião (Leiria), São Vicente (Madeira), Nisa (Portalegre), Alcanena (Santarém), Alcácer do Sal (Setúbal), Mondim de Basto (Vila Real) e São João da Pesqueira, Vouzela e Oliveira de Frades (Viseu).
A proposta final para a reorganização mantém a extinção dos tribunais de Sever do Vouga (Aveiro), Alfândega da Fé e Carrazeda de Ansiães (Bragança), Oleiros (Castelo Branco), Penela (Coimbra), Portel (Évora), Monchique (Faro), Fornos de Algodres (Guarda), Bombarral (Leiria), Cadaval (Lisboa Norte), Avis e Castelo de Vide (Portalegre).
Na lista de encerramentos mantêm-se ainda Ferreira do Zêzere, Golegã e Mação (Santarém), Sines (Setúbal), Melgaço e Paredes de Coura (Viana do Castelo), Boticas, Mesão Frio, Murça e Sabrosa (Vila Real), Armamar, Castro Daire, Resende, Tabuaço (Viseu).
O Ministério da Justiça começou a enviar, na segunda-feira, aos municípios os projectos de lei com a proposta final da reforma do sistema judiciário, que contemplam a nova organização e funcionamento dos tribunais em todo o país.
O ministério de Paula Teixeira da Cruz solicita às câmaras municipais para que se pronunciem até 31 de Outubro sobre dois documentos com algumas centenas de páginas, um relativo à proposta de Lei de Organização do Sistema Judiciário e outro sobre a proposta de Regime de Organização e Funcionamento dos Tribunais Judiciários.
Na nota enviada aos municípios é explicado que não foi “possível finalizar mais cedo os documentos” e que “o prazo está condicionado pela necessidade imperativa, decorrente do compromisso assumido com a 'troika', de fazer a entrega do projecto de Reforma Judiciária no parlamento, devidamente aprovado em Conselho de Ministros, até ao final do mês de Novembro”.

Terras da Beira

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acidente de trabalho provoca um morto na Mêda

Quarta-feira, 20.01.10

Um operário da construção civil morreu ontem, terça-feira, em Marialva, no concelho da Mêda.

O acidente aconteceu pouco depois das 15 horas, e o operário trabalhava na altura no telhado de uma casa, tendo caído de uma altura de cerca de seis metros.

Os bombeiros da Mêda deslocaram-se ao local, tendo transportado o ferido até ao Centro de Saúde, mas este não resistiu aos ferimentos e acabou por falecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Seia, Guarda, Mêda e Trancoso na BTL

Quarta-feira, 13.01.10

O Turismo Serra da Estrela (TSE) marca presença, a partir de hoje, 13 de Janeiro, e até domingo, em mais uma edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), na FIL.

Com a TSE, seguem para mais uma iniciativa de promoção regional os municípios de Seia, Guarda, Mêda e Trancoso, que partilham um stand único.

Para além da tradicional mostra dos produtos regionais (queijo Serra da Estrela, enchidos e docarias, entre outras delícias), a cargo da Escola Superior de Turismo e Hotelaria de Seia, haverá animação com a Senatuna, Conservatório de Música de Seia e da Fanfarra Sacabuxa, da Castanheira (Guarda).

Nem só a gastromonia será dada a conhecer na BTL. O Turismo Serra da Estrela irá também procurar potenciar todos os factores turísticos da região.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mêda, Foz Côa e Manteigas mudam de cor

Segunda-feira, 12.10.09

Com os resultados eleitorais da noite de domingo, há mudanças significativas em algumas autarquias do distrito da Guarda. Mais a norte, o PSD reconquistou a autarquia de Foz Côa mas perdeu a Mêda, liderada há longos anos pelo histórico social-democrata João Mourato.

Na Raia, o PSD ganhou no Sabugal, mas a divisão de votos ditou uma separação igualitária de vereadores entre PSD e PS (três cada), conquistando o MPT um vereador.

Já para os lados da Serra da Estrela, o PS retirou a autarquia de Manteigas a José Manuel Biscaia (PSD), onde há quatro anos este tinha vencido por apenas um voto frente a Esmeraldo Carvalhinho, que se voltou a recandidatar.

Em Celorico da Beira, o PSD ganhou com maioria. O MAJUSP, do ex-autarca Júlio Santos, ficou como a segunda força partidária mais votada, à frente do PSD.

O PS de Joaquim Valente venceu na Guarda, como uma maioria inquestionável, tendo conquistado o quinto vereador.

A renovação de candidatos em Seia, com a saída do histórico Eduardo Brito, não trouxe alterações significativas e o PS venceu novamente a autarquia.

O restante panorama distrital manteve-se como há quatro anos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Armando Carneiro (PS) vence na Mêda

Domingo, 11.10.09

Armando Carneiro, candidato do Partido Socialista (PS), venceu o concelho da Mêda, que era liderado pelo social-democrata João Mourato há longos anos.

O concelho da Mêda era liderado há mais de 20 anos por João Mourato (PSD), que nestas eleições se candidatava ao sétimo e último mandato. O PS acaba por vencer as eleições e Armando Carneiro será o próximo presidente da Mêda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Passeio Clássico de Automóveis na Mêda

Sábado, 19.09.09

Este domingo vai realizar-se o 1º Passeio de Automóveis Clássicos – Encontro das Vindimas “Cidade de Mêda”.

A iniciativa procura promover o património turístico, cultural, ambiental e gastronómico da região, com destaque para o concelho da Mêda, num percurso com perto de 60 quilómetros, e cuja participação (com inscrição obrigatória) é aberta a todo o tipo de viaturas, com mais de 25 anos.

O evento, promovido pela Câmara da Mêda e Empresa Municipal Nova Mêda, deverá ter continuidade, estando prevista a realização anual deste passeio clássico de automóveis.

Autoria e outros dados (tags, etc)

"As calçinhas amarelas" na Mêda

Sábado, 18.07.09

A Casa Municipal da Cultura de Mêda vai apresentar amanhã, domingo, a peça de teatro “As calcinhas amarelas”, a partir das 21h30.

Tozé Martinho, Daniel Garcia, Rita Simões, Alina Vaz, Luís Zagallo, Florbela Menezes e Inês Simões, dão corpo à comédia.

“Afonso tem uma amante. O seu sócio Alves tenta conquistá-la e avança mais nos seus propósitos, quando se julga que Afonso morreu, traído por uma paragem de digestão. A mulher de Afonso, Leopoldina, com o intuito de assegurar o enterro ao marido, vai a casa da amante e é aí que descobre factos surpreendentes”. Assim começa a história.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Visitantes, de onde?

Locations of visitors to this page

Visitantes

hit counters
hit counter


Comentários recentes





subscrever feeds