Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



GNR aconselha idosos


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Agosto 2013

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 



João Prata impedido de se candidatar à Junta de Freguesia da Guarda

Segunda-feira, 12.08.13

Mais um revés para as candidaturas do PSD / CDS-PP na Guarda. Depois de se saber que o Tribunal local considerou válida uma impugnação apresentada pelo Bloco de Esquerda para que fosse impedida a candidatura de Álvaro Amaro a presidente da Câmara da Guarda, sabe-se agora que também João Prata não se poderá candidatar à Junta de Freguesia da Guarda.

Estas notícias estão a ser avançadas em primeira mão pela Rádio Altitude, através da sua página no Facebook.

O Tribunal da Guarda terá concordado assim com uma outra impugnação, apresentada pela candidatura "A Guarda Primeiro" encabeçada pelo ex-vice-presidente da Câmara da Guarda, Virgílio Bento. Neste caso, o Tribunal terá considerado que João Prata também já se candidatou por três vezes a presidente de uma Junta de Freguesia, estando impedido agora de se candidatar a uma outra.

Todas estas decisões do Tribunal da Guarda são ainda passíveis de um rápido recurso, com apresentação de contra-argumentos à decisão, sendo que se o tribunal local mantiver a sua decisão as candidaturas só poderão seguir em frente após recurso ao Tribunal Constitucional, e se este tiver um entendimento diferente da polémica lei de limitação de mandatos.

A candidatura PSD / CDS-PP deverá reagir ainda hoje, numa conferência de imprensa, às decisões já anunciadas pelo Tribunal.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Visitantes, de onde?

Locations of visitors to this page

Visitantes

hit counters
hit counter


Comentários recentes