Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



GNR aconselha idosos


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Maio 2012

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 



Distrito da Guarda tem 41 freguesias com menos de 100 habitantes

Domingo, 20.05.12

Numa altura em que a reforma administrativa ameaça de extinção ou fusão as freguesias por todo o país, O INTERIOR analisou a realidade de despovoamento do distrito da Guarda e da região da Cova da Beira. De acordo com resultados provisórios dos Censos do ano passado, o distrito tinha 41 freguesias cuja população residente era inferior a 100 pessoas, o que representa mais 13 em relação a 2001, enquanto outras 13 localidades nem à meia centena chegaram. 

O caso mais preocupante está no concelho de Almeida, onde há 13 freguesias com menos de 100 habitantes, das quais cinco têm menos de 50 residentes. São elas Aldeia Nova, a freguesia com menos habitantes no distrito, com 33 residentes, Senouras (38), Vale de Coelha (43), Mesquitela (45), Mido (46) e Porto de Ovelha (47). Com mais de 50 pessoas, mas menos de 100 moradores, estão Monte Perobolço (61), Azinhal (63), Naves (68), Ade (73), Cabreira (77), Castelo Mendo (87) e Vale Verde (95). O segundo concelho mais representado nesta lista é o da Guarda, com sete aldeias: Monte Margarida (36), Vila Soeiro (41), Carvalhal Meão (51), Avelãs de Ambom (69), Pêro Soares (70), Seixo Amarelo (84) e Rocamonde (89). Pinhel e Sabugal ocupam a terceira posição deste “ranking”, ambos com seis localidades com menos de 100 habitantes. No primeiro caso, Bogalhal surge no topo, com apenas 37 residentes, seguindo-se Cidadelhe (40), Póvoa d’ El-Rei (53), Sorval (80), Vale de Madeira (92) e Atalaia (99). Já no Sabugal, há Vale das Éguas (39), Valongo (47), Lomba (57), Ruivós (70), Forcalhos (88) e Badamalos (96).

Já Figueira de Castelo Rodrigo tem quatro freguesias abaixo da fasquia dos 100 residentes, a saber Colmeal (42), Vale de Afonsinho (83), Cinco Vilas (94) e Escarigo (99). Este fenómeno de despovoamento tem menos expressão nos concelhos de Fornos de Algodres, com Vila Chã (82) e Fuinhas (92), de Vila Nova de Foz Côa (Santo Amaro, 50), de Trancoso (Feital, 65), de Mêda (Paipenela, 67) e de Gouveia (Freixo da Serra, 99). Recuando uma década no tempo, eram 28 as freguesias do distrito com menos de 100 residentes e Almeida já era o município mais afetado com 10 localidades: Vale de Coelha (48), Aldeia Nova (53), Senouras (57), Mesquitela (58), Mido (59), Cabreira (77), Monte Perobolço (79), Azinhal (82), Porto de Ovelha (83) e Ade (98). Em 2001, a Guarda tinha cinco freguesias na lista com Monte Margarida (44 residentes) na frente, seguida de Vila Soeiro (58), Carvalhal Meão (67), Pêro Soares (89) e Avelãs de Ambom (91).

Também o Sabugal tinha cinco freguesias nessas condições: Vale das Éguas (48), Ruivós e Valongo (ambos com 68), Lomba (74) e Badamalos (99). Em Pinhel eram quatro as freguesias com menos de 100 habitantes, caso de Cidadelhe (52), Bogalhal (68), Póvoa d’ El-Rei (74) e Sorval (88). Havia ainda cinco concelhos que só tinham uma aldeia neste rol. A saber, Figueira de Castelo Rodrigo (Colmeal, 58), Trancoso (Feital, 65), Fornos de Algodres (Vila Chã, 93), Foz Côa (Santo Amaro, 94) e Mêda (Paipenela, 95). Na última década, verifica-se que Aldeia Nova (Almeida) perdeu 20 habitantes e passou a ser a freguesia com menos residentes do distrito, destronando Monte Margarida que, neste período, perdeu apenas oito moradores. Constata-se que houve ainda vários concelhos do distrito que tiveram 10 ou mais freguesias que perderam mais de 20 por cento da população. O mais afetado foi o Sabugal (17), seguindo-se Almeida e Pinhel (ambos com 15), Guarda (13), Trancoso (12) e Mêda (10). Em sentido inverso, e pela positiva, há três freguesias em todo o distrito cuja população residente subiu mais de 20 por cento nos últimos 10 anos. Peva (Almeida) passou de 140 para 168 habitantes em 2011, Aldeia do Bispo (Guarda) tinha 180 e conta agora 220 residentes e, por último, a freguesia urbana de Santa Maria (Trancoso), cuja população aumentou de 1.313 para 1.577 moradores. Já na Cova da Beira, este cenário de subida de mais de 20 por cento da população residente verificou-se no Canhoso e Santa Maria (ambas na Covilhã) e na Aldeia de Joanes (Fundão).

 O Interior

Autoria e outros dados (tags, etc)



Visitantes, de onde?

Locations of visitors to this page

Visitantes

hit counters
hit counter


Comentários recentes