Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



GNR aconselha idosos


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Dezembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

 



Carro novo dos Bombeiros do Sabugal já foi à oficina

Sábado, 11.12.10

Conta este sábado o DN que há três anos que 95 corporações do País aguardam por outras tantas viaturas para reforçar os meios de socorro. Quatro foram entregues esta semana na Autoridade Nacional de Protecção Civil numa cerimónia presidida por Rui Pereira, mas regressaram à empresa que as montou para desespero das corporações.

No Sabugal há anos que os bombeiros esperavam pela entrega de uma viatura de socorro e desencarceramento. "Após muitas peripécias, fomos a Lisboa assinar o protocolo de cedência de um veículo de socorro e apoio táctico para melhorar a assistência a acidentes", conta o presidente da direcção, Daniel Carriço, lamentando, infelizmente, que, ao fim de contas, "o material montado na viatura, mesmo sendo novo, não aguentou sequer as demonstrações para instrução dos operacionais e teve que ser recambiado para a oficina que o montou".

À infelicidade que tocou aos bombeiros do Sabugal juntou-se o azar dos bombeiros de Vila Nova de Milfontes, se deslocaram a Lisboa para "receber um veículo florestal de combate a incêndios mas não puderam levantar a viatura", porque, disse o comandante da corporação. Valentim Jacob, a viatura "teve um problema na caixa de velocidades e na ligação à bomba e não a pudemos trazer nem assinar o protocolo, por ter defeitos de montagem e no motor".

O ministério da Administração Interna já assumiu que existem problemas nas viaturas, mas garante que foram inspeccionadas e testadas, em formação aos bombeiros, antes da recepção na ANPC. Apesar de tudo, as reparações vão já ser feitas, pois os problemas detectados estão cobertos por garantia.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Visitantes, de onde?

Locations of visitors to this page

Visitantes

hit counters
hit counter


Comentários recentes